Blog

Comemoração do Prêmio Citi Jovem Microempreendedor com Marcele Porto
10 maio

Marcele Porto ganha primeiro lugar no Prêmio Citi Jovem Microempreendedor 2017 com a ideia de negócio Beers Five Hostel House.

Em abril de 2017, o Primeiro Lugar do Prêmio Citi Jovem Microempreendedor categoria atuante, foi para nossa anfitriã Marcele Porto. Conheça um pouco mais desse momento, através da matéria postada no blog da Aliança Empreendedora:

De hostel a rota de embarcações no rio Amazonas: Conheça as histórias vencedoras do Prêmio Citi Jovens Microempreendedores

A premiação apoia o desenvolvimento de brasileiros de 18 a 35 anos que buscam transformar suas vidas e suas comunidades através do empreendedorismo

A Aliança Empreendedora, com patrocínio da Citi Foundation, realizou a cerimônia de premiação do Prêmio Citi Jovens Microempreendedores 2016 na última quinta-feira de abril de 2017. O Prêmio tem o objetivo de identificar, treinar e premiar jovens microempreendedores, facilitando o acesso a conhecimento e a serviços relacionados à gestão para jovens da base da pirâmide que querem começar seus negócios ou já estão empreendendo. Ao todo foram distribuídos R$42 mil em prêmios, com 20 vale-presentes no valor de mil reais entregues para todos os finalistas, e com os vencedores de cada categoria recebendo R$6.500,00 e R$4.500,00 em barras de ouro para os primeiros e segundos lugares respectivamente.

Na categoria microempreendedor atuante, o 1º lugar ficou com a Marcele Porto empreendedora com o “Beers Five Hostel House”, e o 2º lugar com o Taissir Wilkerson Linhares Carvalho do “Embarcar”. Já na categoria iniciante, a vencedora foi Lorene Barreto Passos com a “Passos Soluções” e no 2º lugar Giovanni Novelli Pereira com o “Cientista Beta”. Os quatro jovens vencedores participaram com outros 16 finalistas de um treinamento intensivo nos três dias que antecederam a premiação na cidade de São Paulo.

“Atingimos os cinco cantos do Brasil, isso é surpreendente para nós. Proporcionar esse encontro em São Paulo de 20 pessoas de diferentes lugares do país para conhecerem os projetos uns dos outros, fazerem networking, receberem conhecimento e direcionamento em seus negócios, é uma das partes mais valiosas do Prêmio. Todos os inscritos, mais de 300 jovens, tiveram acesso a uma série online de empreendedorismo. Poder levar conhecimento para mais pessoas foi muito importante, consideramos a missão cumprida”, conta a diretora de comunicação da Aliança Empreendedora, Luísa Bonin.

Todos os finalistas e também os vencedores participaram de um processo de capacitação, com mentoria, oficina de discurso de venda, conhecido no mundo dos negócios como pitch, e, por fim, se apresentaram a banca avaliadora do Prêmio que definiu quem seriam os vencedores dessa edição da competição.

A banca foi composta por Adriana Barbosa, empreendedora e fundadora da Feira Preta; Adriana Carvalho, representante da ONU Mulheres no Brasil; Bernardo Bonjean, fundador e presidente da Avante; Hamilton Henrique da Silva, empreendedor e fundador do Saladorama; Helen Faquinetti, gerente de relações com a comunidade e sustentabilidade do Citi Brasil; Marcelo Ramos, empreendedor, cervejeiro e fundador do Bistrô do Alemão (um dos vencedores do PCMM 2015); Marina Egg, diretora de desenvolvimento humano da Aliança Empreendedora; Matheus Silva Cardoso, empreendedor e fundador do Moradigna; Rachel Añon, jornalista e co-fundadora da Ponte a Ponte; e Tatiana Rogovschi Garcia, coordenadora de projetos da Aliança Empreendedora.

“Com o Prêmio Citi Jovens Microempreendedores reforçamos o compromisso da Citi Foundation em motivar e dar oportunidade para que o microempreendedorismo jovem continue ativo no desenvolvimento da economia do Brasil”, afirma a superintendente de assuntos corporativos e sustentabilidade do Citi Brasil, Priscilla Cortezze.

Marcele Porto – Beers Five Hostel House

MARCELE

Com início em dezembro de 2013, o “Beers Five HostelHouse” abriu as portas pela ideia de Marcele e apoio financeiro de mais alguns amigos, impulsionados pela Copa do Mundo sediada no Rio de Janeiro e a vontade de oferecer um serviço de estadia barata diferenciado dos demais, neste caso com tema ligado ao mundo das cervejas gourmet. Após o grande evento, com a baixa temporada e três meses de casa totalmente vazia, a empreendedora precisou reavaliar se mantinha ou não o negócio aberto. Marcele então buscou por novas parcerias e oportunidades, seguiu com o sonho do Hostel e um dia antes de seu aniversário de 35 anos foi a 1ª colocada do Prêmio Citi Jovens Microempreendedores na categoria atuante. “A emoção é bem grande, passamos por muitos altos e baixos nesses quase quatro anos e receber esse prêmio é concretizar mais uma etapa e ganhar folego para seguir para os projetos que estão por vir. Queremos poder oferecer com mais qualidade uma rota cervejeira local aos hóspedes que são focados na família e no casal jovem e finalmente lançar a Beer Five, nossa própria cerveja”, conta Marcele Porto.

Assista o vídeo e conheça a história da premiação!

Você pode conferir também o vídeo com a história da Marcele.

Confira na íntegra no link da matéria original: http://aliancaempreendedora.org.br/de-hostel-a-rota-de-embarcacoes-no-rio-amazonas-conheca-as-historias-vencedoras-do-premio-citi-jovens-microempreendedores/

Leave a Reply